Farinha natural , que auxilia na Disbiose e na Sindrome do Intestino Irritável

Olá queridos,

Alguns dos sintomas da disbiose ( clique aqui para saber o que é) , ou da SII, Sindrome do intestino irritável, ( clique aqui para entender os sintomas) pode ser o intestino preso, solto, ou intestino misto que intercala épocas mais solto e épocas mais preso. E existem muitas formas de equilibra-lo de forma natural evitando laxantes e fibras de farmácia , que ja falei neste video ( clique aqui para ver a respeito).

Alem de reflorestar seu intestino com probióticos ( clique aqui para saber mais ), o psyllium pode ajudar no transito intestinal.

Muita gente procura o psyllium , como forma de emagrecer , mas na realidade ele funciona de varias formas principalmente como regulador do transito intestinal. Fonte natural de fibra solúvel, ele é usado há séculos como um laxante natural para ajudar a manter o intestino saudável, ou para controlar um intestino levemente solto ( clique aqui ) mas os seus benefícios não param por aí.

Vou falar sobre o psyllium, explicar para que serve, como usar, onde comprar :

psyllium-laxante _natural-sii-disbiose-sindrome_do_intestino_irritavelO que é o Psylium Rusk ?

O psyllium é uma fibra solúvel natural derivada da casca da semente da erva Plantago Ovata, de origem asiática, que pertence ao grupo das gomas e mucilagens.O Psyllium vem da casca das sementes desta  planta.  Essa fibra natural possui uma alta capacidade de absorção de água e a capacidade de aumentar até 20 vezes de tamanho, quando em contato com líquidos.

Sua fibra é higroscópica, ou seja, absorve água e quando é misturada aos líquidos pode aumentar  muito…. então forma-se uma pasta , que limpa as paredes intestinais, transporta toxinas e resíduos e tem um excelente efeito laxante, mas sem causar diarreia ou dores abdominais. Diferentemente dos laxantes de farmacia …. veja a respeito ( aqui )

Para que serve o Psylium?

O psyllium é conhecido como um laxante suave. Sua ação inicia já no estômago, onde se junta aos alimentos parcialmente digeridos, seguindo para o intestino, onde absorve o excesso de água, amolecendo as fezes enquanto estimula sua ação normal.

Diante do bom funcionamento intestinal, o corpo é capaz de manter as células e os tecidos saudáveis, combater infecções e reduzir inflamações, melhorando a Disbiose e os sintomas da Sindrome do Intestino Irritável.

O consumo adequado de psyllium auxilia nos tratamentos de constipação, diarreia, colite, hemorroidas, fissuras anais e doença de Crohn. Ele também pode ser consumido para promover a regularidade do intestino, é eficaz nas dietas de redução de peso e um aliado na manutenção da saúde do coração, níveis de colesterol e diabetes. Logo abaixo, os principais benefícios do psyllium e como ele poderá contribuir ainda mais para a sua saúde.

1. Melhora o transito intestinal

Muitas vezes o intestino não é a nossa prioridade, mas quando ele não funciona bem nos sentimos irritados, mal-humorados, ansiosos, desconfortáveis, cansados e por aí vai.

Um dos principais benefícios do psyllium é o auxílio na melhora do trânsito intestinal, pois é uma potente fonte de fibras naturais, sendo que cada 100 gramas dele oferecem 80 gramas de fibra e quando entram em ação no intestino promovem uma faxina, limpando as “paredes”, eliminando toxinas e impurezas pelas fezes, sem causar desarranjos intestinais.

  •  Ajuda na constipação

O intestino é um órgão muito sensível que se conecta ao mundo exterior todas as vezes que nos alimentamos. Uma dieta pobre em vegetais, grãos e frutas, por exemplo, pode desencadear uma série de problemas intestinais, entre eles a constipação ou “prisão de ventre”, como é mais conhecida.

Consumir o psyllium ajudará a reduzir a constipação e prevenir complicações como hemorroidas e fissuras anais, pois sua capacidade de absorver a água que passa pelo intestino ajuda a amolecer as fezes, facilitando a movimentação e fluxo normal do intestino.

  •  Melhora os sintomas de diarreia

Mesmo tendo um efeito laxativo, o psyllium pode ajudar nos quadros de diarreia, pois o fato de ser uma fibra solúvel permite que ele passe pelo sistema digestivo sem ser completamente decomposto ou digerido. Ao absorver os líquidos presentes no intestino, torna-se um composto viscoso, formador de volume, aumentando a espessura das fezes e retardando sua passagem pelo cólon, diminuindo consequentemente a diarreia. Mas vá com calma , teste um minima quantidade e vá aumentando aos poucos .

  • Ajuda na manutenção e redução de peso

Emagrecer não é tarefa fácil, requer mudanças principalmente na alimentação e atividade física. Inserir o psyllium na dieta faz dele um aliado, pois o fato de sua fibra expandir no estômago traz uma sensação maior de saciedade, ajudando a diminuir os excessos. Dá uma sensação de “estar cheio” ajudará a reduzir a quantidade ingerida de alimento nas refeições e gradativamente pode estabelecer uma relação saudável com a comida.

  •  Ajuda no tratamento de doenças inflamatórias intestinais

Nem sempre os sintomas das doenças inflamatórias intestinais são claros e é muito comum que o diagnóstico leve anos para chegar. Até lá, são muitos os desconfortos que comprometem a qualidade de vida daqueles que sofrem com esses problemas.

Mais uma vez, a mudança na alimentação aparece como necessária, e é aí que surgem mais benefícios do psyllium, pois quando ingerido da forma e na quantidade correta costuma aliviar a os sintomas da diarreia ou constipação, proporcionando uma melhora do quadro provocado pela inflamação. É importante ressaltar que para os casos de doenças crônicas, seguir a prescrição médica em relação à dosagem e à frequência é fundamental.

2. Ajuda no controle da Diabetes

Os níveis de açúcar no sangue exigem atenção, principalmente para pessoas com um quadro de diabetes.  Incluir fibras na dieta pode manter um equilíbrio glicêmico apropriado principalmente após as refeições, isso porque elas ajudam a reduzir a velocidade com que carboidratos são absorvidos pelo organismo, além de não se transformarem em moléculas de açúcar.

Uma fibra formadora de gel como o psyllium poderá ser ainda mais eficaz, pois sua digestão será mais lenta e esse processo também auxiliará a regular os níveis de açúcar no sangue.

3.  Equilibra os níveis de colesterol

Acompanhar os níveis de colesterol faz parte da rotina de muitas pessoas e sua alteração pode causar inúmeros danos ao organismo. Manter o colesterol controlado é consequência de uma serie de ações, mas principalmente da escolha do que ingerimos em nossa dieta.

Um estudo de 2012 publicado pela revista científica Molecular Nutrition and Food Research mostra que o consumo de fibra solúvel pode ajudar a gerenciar o colesterol. Há benefícios do psyllium também neste sentido, pois como parte de uma dieta saudável ele promove uma “faxina” no intestino e ajuda o organismo a absorver melhor os nutrientes e eliminar impurezas, entre elas o LDL (colesterol ruim).

4. Melhora a saúde do coração e pressão arterial

A hipertensão afeta aproximadamente 30% da população e é uma condição possível de ser evitada quando adotamos uma dieta mais saudável.

Uma alimentação rica em fibras solúveis, como a casca de psyllium, esta associada a níveis mais baixos de triglicérides e a um menor risco de doença cardiovascular. Estudos realizados pelo European Journal of Clinical Nutrition avaliaram que os efeitos do consumo de psyllium por pacientes com diabetes do tipo 2 melhorou não só o açúcar no sangue, mas também reduziu o risco de doenças cardíacas, pois demonstrou melhorar a hipertensão e consequentemente a saúde do coração.

Como usar o psyllium husk ?

Idealmente, o corpo de um adulto precisa de 25 a 30 gramas de fibras diariamente, sendo 25 para as mulheres e 30 gramas para os homens. Uma colher de sopa de psyllium na versão em pó ou farelo contém cerca de 5 gramas de fibra e inserir na dieta pode ajudar a suprir as necessidades diáriasou 7 ou 8 cápsulas diárias (com 500 miligramas cada).

A fibra natural pode ser consumida a qualquer momento do dia, mas recomenda-se sempre uma boa hidratação, tendo em vista que o Psyllium é um alimento de alta absorção de água. Além disso, prefira sempre a versão natural, sem aditivos.

É recomendado começar tomando uma porção por dia e aumentar gradualmente para que o corpo possa se adaptar. Ele pode ser consumido durante o dia, antes das refeições principais se o objetivo for controlar o apetite, e pode ser misturado aos alimentos prontos e até mesmo usado como ingrediente em algumas receitas. Veja como é fácil adicionar o psyllium na sua alimentação:

Adicione uma colher de sopa do psyllium a um copo de água, suco, água de coco, shakes de proteína e smoothies de frutas. Uma dica é deixar a fibra descansar em uma parte do líquido por alguns minutos, isso dará a ela a chance de hidratar e expandir de tamanho, e após esse processo você pode poderá misturar mais líquidos e obter a consistência desejada.

Onde comprar ?

O psyllium é facilmente encontrado em casas de produtos naturais, zonas cerealistas, farmácias e em sites de produtos especializados. São comumente vendidos em forma de cápsulas, pó ou farelo.

O valor sofre variação dependendo do laboratório que o produz, da concentração (quantidade maior ou menor de psyllium), forma (cápsula ou pó) e da quantidade vendida (número de cápsulas ou quantidade de gramas). As versões são comercializadas em quantidades diferentes, porém a versão em cápsulas traz uma concentração diferente, e então é importante ficar atento e escolher um lugar de confiança e evitar os que tem adoçantes , corantes , açúcar , e outros produtos químicos na composição.

Contraindicações do Psyllium

O Psyllium é um alimento natural e possui poucas contraindicações. Como mencionado, em conjunto com a ingestão frequente desse composto, deve-se adotar o hábito de tomar bastante água, caso contrário tantas fibras no organismo podem causar cólicas, dores e gases.

Também não é recomendado tomar o psyllium se você ingeriu algum medicamento, pois ele pode atrapalhar a absorção pelo organismo; sendo assim, aguarde por no mínimo três horas e evitar o uso, em gestantes, pessoas com transtornos renais ou no esôfago.

O psyllium é uma forma saudável de incluir mais fibras na sua dieta, mas procure sempre seguir as instruções de consumo e não esqueça que ele absorve líquido. Então, beber muita água e manter-se hidratado durante o dia é fundamental.

De uma olhada neste video que vai te esclarecer melhor:

Veja o video abaixo que vai te ajudar a entender sobre o assunto:

Beijo no coração e veja no link o Guia do Probiótico, vai te ajudar e muito a melhorar todos os sintomas da Disbiose ( Clique aqui)

SAIBA TUDO SOBRE DISBIOSE

ASSISTA MINHA ÚLTIMA LIVE, FALO SOBRE CAUSAS, SINTOMAS, TRATAMENTO DA DISBIOSE INTESTINAL E A IMPORTÂNCIA DOS PROBIÓTICOS NA CURA.

Por favor, informe o seu e-mail para poder assistir a gravação live sobre disbiose, muito obrigada! Bjs, Carina Palatnik

Carina Palatnik

Fascinada pela área de saúde desde a infância, com vocação para medicina, levada pela vida para a carreira de modelo e atriz ...

Comments

  1. Lucas 16 de março de 2019 at 08:54
    Responder

    Olá, tomo psyllium diariamente três vezes ao dia após as refeições para tratar SII. Estava tomando psyllium com aditivos vendidos em farmácias. Então resolvi comprar ele puro, não apenas por causa dos aditivos, mas também pela economia, pois estes psyllium vendidos em farmácias são bem mais caros. Logo no primeiro dia de uso do psyllium puro me deu diarreia. Carina, será que esse psyllium puro que tomei estaria contaminado? Os psyllium de farmácias são esterelizados na indústria? Há alguma maneira de esterelizar esses psyllium vendidos a granel em lojas de produtos naturais? Poderia me dizer onde você compra o psyllium puro, pois fiquei com medo de continuar tomando esse que comprei. Obrigado!

    • Carina Palatnik 16 de abril de 2019 at 17:51
      Responder

      Lucas,
      Tudo que voce for consumir deve ter uma fonte confiável , tem empresas de confiança que produzem psyllium puro . Nao sei onde , nem qual voce comprou , mas cheque sempre a origem o fabricante e a composição , evite esses a granel pois podem ser armazenados inadequadamente !!
      beijo no coração espero ter te ajudado .

  2. Sergio de Assis Ferreira 22 de março de 2019 at 12:08
    Responder

    como prender o intestino é solto demaias não posso nem sair de casa isso tudo depois que fiz uma ilostomia queria saber como faço para prender um pouco. esse email É da minha esposa pode mandar pra ele.

  3. Elizabeth 15 de abril de 2019 at 18:46
    Responder

    Boa noite
    Meu nome é Elizabeth e estou há 8 meses com sindrome do intestino irritável , já perdi 6 quilos e já sou muito magrinha e agora até p sair tenho vergonha. Cortei glutem e lactose e tenho dor do lado esquerdo constante. Tomo Lonium sem parar. Agora vou trocar o probiótico.Estou muito ansiosa e depressiva por causa disso. Não sei mas o q fazer pois os alimentos q como não são absorvidos. Me ajude por favor. Já rodei tudo.
    Grata
    BethMe responda no meu email

    • Carina Palatnik 16 de abril de 2019 at 13:47
      Responder

      Ola Beth,
      Tenho varias dicas aqui no blog e no meu canal do youtube , uma playlist so sobre disbiose e outra sobre SII, da uma olhada também na minha LIVE sobre disbiose que vai te ajudar a entender o que voce tem.
      Voce ja testou a Dieta FODMAP?
      Se quiser faço consultoria , me chame inbox no instagram @carinapalatnik ou pagina do facebook
      Beijo no coração

  4. Simone Gonçalves de Almeida 28 de abril de 2019 at 01:03
    Responder

    Olá Carina, tudo bem!!
    Meu nome é Simone, já faz mais de 10 anos que sofro com onicomicose nas unhas dos pés, meu intestino é desregulado, má digestão, tenho muita queda de cabelo, minhas unhas estão fracas, enxaquecas, cólicas abdominais, dores articulares, hipotireoidismo, sou intolerante à lactose,enfim, depois que assisti seus vídeos tive certeza que sofro de disbiose. Em 2011 retirei a vesícula por causa de cálculos e depois disso piorou muito os sintomas. Quero começar meu tratamento, então gostaria de saber se devo iniciar tomando o óleo de orégano pra depois tomar os probióticos ou posso iniciar o uso dos dois no mesmo dia?

    • Carina Palatnik 12 de maio de 2019 at 20:36
      Responder

      Ola querida ,
      Fico feliz de poder te ajudar a identificar o que voce tem e te ajudar a tratar
      Da uma olhada na live sobre disbiose e nos posts
      Sim pode tomas os dois juntos
      E faca a dieta FODMAP
      Beijo no coração

  5. Alceu selias vaz 3 de maio de 2019 at 23:30
    Responder

    Parabens pelos posts mas qual o nome da cirurgia que fez pra disbiose?

    • Carina Palatnik 9 de maio de 2019 at 00:07
      Responder

      Ola querida,

      Minha disbiose começou porque fizeram uma cirurgia de retirada de um órgão sem minha autorização e tive uma septcemia, por isso fiquei com DISBIOSE.
      Melhorei quando comecei a fazer esses tratamentos naturais.
      Beijo no coração

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *