Conheça minha história completa

Olá queridos,

Estou aqui para contar um pouco da minha história … e quem sabe ajudar outras pessoas que estão na minha situação, ou que passaram por algo semelhante.

Vou começar contando um pouquinho da minha vida até o dia em que tudo aconteceu.

Sou carioca, mas me considero paulistana já que vim morar em São Paulo aos 3 anos de idade, quando meu pai arranjou um emprego por aqui. Difícil foi me adaptar ao clima, mas de resto já estou super adaptada ao lifestyle paulistano. Adoro as opções de programas em São Paulo, tanto cultural como gastronômica … e para quem quer trabalhar, São Paulo oferece muito mais oportunidades.

Mais tarde no colegial. Fazendo um curso de dança perto de casa, recebi um convite de uma estilista para fazer um teste fotográfico para a campanha de sua marca … não a conhecia, mas ela já tinha sua marca super bem conceituada no mercado, a G Confecções …essa estilista era a Gloria Coelho. Obvio minha mãe foi junto no teste, pois eu era menor de idade. Acabei sendo escolhida para fazer a campanha toda e fiquei muito feliz!! Bom ai rolou um stress na família, pois  eu tinha 16 anos e ia com meus irmãos para o acampamento de férias NR, no dia das fotos … já estava com malas prontas e tudo pago, minha mãe disse que não dava pra fazer as fotos, que não tinha me educado para isso … bati o pé e optei em não ir e ficar trabalhando. Convencer minha família que eu queria fazer aquilo foi difícil…

Ahh ! Adivinhem quem era o fotografo??? JR Duran … na época super badalado (fotos G acima), fui sozinha para o estúdio pela primeira vez fotografar na vida …ai medo!!! Estava um muito frio em São Paulo aquele dia , e estávamos fotografando a coleção de  verão ( para quem não sabe sempre fotografamos a próxima estação no verão , sofremos com calor das roupas de inverno e vice versa…) tipo 10 graus e fotografei inclusive linha praia . As fotos ficaram lindas e logo me chamaram para fazer um teste de vídeo para um comercial, passei e fui filmar em Araras numa fazenda a campanha do Açúcar União( foi meu primeiro filme publicitário, de mais de 450 que acabei fazendo posteriormente). Minha carreira de modelo emplacou, para desgosto da minha família rsrs  🙂 …todos dia tinha trabalho…apesar dos 16 anos e estar cursando o colegial no  Santa Cruz, que é um Colégio que exige muito estudo, consegui conciliar, sempre fui ótima aluna e nunca deixei de estudar apesar de trabalhar bastante. Fiz todas as campanhas possíveis e imagináveis no Brasil, fotografei com os melhores fotógrafos da época, JR Duran, Bob Wolferson, Paulo Rocha, Miro, Klaus ,Serapião,  filmei nas melhores produtoras e trabalhei com as maiores agencias de publicidade …viajava muito filmando e fotografando .

Fui convidada a participar de alguns concursos de Miss que acabei entrando meio que de brincadeira e levando algumas faixas …o primeiro nem tinha avisado ninguém da minha família … só que precisava ser maior de idade e no dia do concurso não iam me deixar desfilar pois estava sem documento, tive que ligar para minha mãe , que nem sabia que eu ia participar do concurso … que teve que correr para lá levando o documento ate o ginásio do clube Paulistano, acabei levando a faixa e muitos prêmios. O ultimo que participei foi no Miss Mundo onde fiquei entre as finalistas, . Durante esse período acabei fazendo um curso de atriz no Teatro Escola Macunaíma e tirei meu DRT como atriz.

Acabei contratada pela TV Bandeirantes e depois trabalhei na TV Gazeta onde apresentava um programa de Turismo. Neste ultimo viajei bastante gravando programas no Caribe como Curaçao, St. Mareteen , Cuba, Foz do Iguaçu, Fernando de Noronha, entre outros locais.

Mas meu sonho quando estava no Colégio era fazer Medicina, que acabei prestando aos 17 anos, mas mesmo tendo passado no vestibular acabei não cursando, pois optei naquela época, por seguir a carreira de modelo/atriz, seria impossível conciliar a faculdade de medicina com a carreira de modelo e atriz. Acabei prestando ESPM (Propaganda e Marketing) e FAAP (desenho industrial) entrei e comecei a cursar as duas pois não sabia qual queria fazer. Devido ao volume de trabalho na época, acabei por trancar a FAAP e concluir a ESPM.

Morei um período na Espanha ( tranquei um semestre a faculdade)trabalhando de modelo, e viajei bastante pela Europa nesta época. Depois montei uma produtora de teatro, produzi algumas peças de teatro, mas com o programa da Gazeta tive que viajar muito e resolvi focar nele.

 

Nesta época acabei conhecendo meu marido e com o casamento e filhos,  acabei decidindo que queria trabalhar na área de saúde, meu sonho de infância. Naquela altura, já não queria fazer uma faculdade de medicina, mas fazer algo que pudesse me inserir na área , escolhi uma Pós-Graduação em Hotelaria Hospitalar no I.E.P. do Hospital Albert Einstein onde logo em seguida comecei a trabalhar (no IEP do Einstein), supervisionando os alunos do curso técnico de Hotelaria Hospitalar, em seguida fui convidada a participar de um  processo seletivo e fui contratada para implantar a Hotelaria e Hospitalidade no Hospital Samaritano.

Fiz mais uma pós-graduação na Fundação Vanzolini / USP quando me tornei Black Belt em Lean e Six Sigma, e depois trabalhei como gestora das unidades de negócios no Salomão e Zoppi Medicina Diagnostica. Fiz durante esse período um MBA Executivo em Gestão de Saúde no INSPER/Hospital Albert Einstein, fui achada por outro Head Hunter e convidada a fazer o start-up da Clinica Máximo Ravenna em São Paulo , e em seguida a Michael Page me indicou e fui contratada pelo Grupo Fleury para cuidar da operação da marca Premium do Grupo Fleury 28 unidades e 4000 colaboradores sob minha gestão.

Foram anos de muita dedicação, tentando equilibrar família, muito estudo e muuuuitooooo trabalho.

Até que um dia tive uma dor de barriga e febre , como estava um pouco resfriada e coincidentemente naquela semana havia saído uma matéria na de capa na Revista Veja sobre a epidemia de H1N1, achei que estava com a gripe, os sintomas eram parecidos e resolvi ir ate o Hospital Albert Einstein. Chegando lá fui direto ao Pronto Atendimento, eram umas 7 horas da noite e havia almoçado as 13:00 horas, já estava com um pouco de fome… me encaminharam para o Gripario, local onde todos os contaminados por H1N1 eram acomodados.

Bem dai em diante começou a tortura, além do teste rápido de H1N1, que demorava umas 4 horas para sair o resultado e era só esse que na verdade eu queria saber… se tinha ou não a tal da H1N1… como varias instituições privadas de saúde no Brasil, aproveitam para faturar em cima do convenio médico te enchendo de exames … me fizeram ressonância magnética de cabeça, tomógrafa, radiografia de pulmão, quinhentos exames de sangue   e eu só queria saber se estava com H1N1 e o resultado não saia…. e eu passando mal… nenhum exame deu nada ,mas já eram 3:00 hs da manha a essa altura…. Estava com fome, exausta, febre, deitada, congelada naquele ar condicionado que parecia um freezer, deduzi portanto, que não passava de uma simples infecção intestinal, já que havia comido peixe cru num restaurante japonês no dia anterior … aliviada falei vamos embora pra casa.

A plantonista disse que era melhor fazer um ultrassom abdominal e ouvir a opinião de um gastrenterologista, eu exausta nem queria mais nada… só ir embora para casa.

Fizemos um ultrassom detalhado, não senti absolutamente nada e detalhe importante até aquele momento NUNCA TIVE:

  1. – NENHUM PROBLEMA DIGESTIVO
  2. – NENHUM TIPO DE ALERGIA ALIMENTAR OU QUALQUER OUTRO TIPO DE ALERGIA
  3. – NENHUM TIPO DE RESTRICAO ALIMENTAR,
  4. – NUNCA TIVE DOR OU PROBLEMA ALGUM RELACIONADA AO APARELHO DIGESTIVO,
  5. – COMIA E BEBIA ABSOLUTAMENTE TUDO, SEM NUNCA TER TIDO QUALQUER PROBLEMA EM NENHUM MOMENTO DA MINHA VIDA.

Havia realizado um check-up geral com exames de sangue e imagens abdominais, menos de 5 meses antes e tudo estava absolutamente normal.

Um gastroenterologista de nome Dr.XXXX apareceu no P.A.vindo de sua casa as 3:00 da manhã, e em 5 minutos sem sequer me examinar fisicamente, disse que eu precisava retirar minha vesícula. Foi a primeira frase que ele me disse, olhei para cara dele e (sou muito sensitiva e tenho umas percepções que normalmente se concretizam) … pensei comigo: “Esse cara é mau caráter, não confio nele, ele é bandido! “ (precisamos acreditar mais na nossa intuição).

Bem também tinha experiência, pois fazendo gestão de grandes empresas na área de saúde há anos, eu já tive que desmontar quadrilhas de médicos que faziam cirurgia em um dos hospitais que trabalhei para ganhar dinheiro em cima de OPME, operando pacientes sem necessidade (órteses, próteses, materiais especiais). Recentemente desmontaram uma destas quadrilhas e o assunto foi para na mídia. Hoje o Brasil esta em 11 posição no mercado de dispositivos médicos.

Eu estava deitada em uma maca com febre, morrendo de fome e frio… olhei para cara dele e disse:

– Olha , nem sei o que é vesícula , não sei para que serve e nem sei onde fica , alias nada do meu aparelho digestivo .. sinal que funciona perfeitamente e sei que não tenho absolutamente  nada, nenhum problems no meu aparelho digestivo , ontem comi num japonês e isso é só uma infecção intestinal.

– Dr.XXX insistiu que precisaria retirar a vesícula

– Eu questionei. Esses sintomas que tenho estão relacionados a vesícula?

– Dr.XXX respondeu : – Não , mas esses outros sintomas trataremos depois…

-Eu respondi: Como assim? Se não esta relacionado, mais um motivo para eu não assinar a autorização da cirurgia. Não vou fazer isso, sei que não tenho nada e me recuso a assinar essa autorização.

Falei para minha mãe a seguinte frase, logo após ele se afastar:

– Mãe , esse medico é bandido só quer passar o cartão de credito,

Minha mae respondeu :

– Imagina isso não existe …!!! Assim como ela muita gente acredita nisso , inclusive eu antes de trabalhar na área de saúde e passar pelo que passei.

Esse ser se dirigiu a minha família, que estava lá em um canto fora do meu alcance e disse a eles que eu iria morrer caso eles não assinassem a autorização

 A autorização, não foi assinada por mim e sim pela minha família e fui parar no centro cirúrgico … INACREDITÁVEL, INACEITÁVEL, mas isso aconteceu de verdade em menos de meia hora … esse ser quase destruiu uma vida… me parece um filme de terror, mas a historia infelizmente não acaba por aí.

Por volta das 4 da manha fui transportada para o centro cirúrgico onde arrancaram uma vesícula saudável de uma pessoa saudável, que estava com febre devido uma infecção intestinal.

Parem para pensar comigo, nenhum medico em sã consciência opera uma pessoa com 38C e infecção intestinal as 4 horas da manhã… se há a suspeita de algo, interna e medica, aguarda a pessoa melhorar para realizar, se for o caso, uma cirurgia posteriormente, não era em absoluto um caso de vida ou morte… e sim de faturamento.

 O tal medico, não sabia que eu trabalhava na área de saúde, e eu tinha feito gestão nos dois melhores laboratórios de medicina diagnostica de são Paulo. No Salomão e Zoppi Medicina diagnostica e no Grupo Fleury. Pensou que eu seria mais uma vitima leiga que agradeceria a ele no final.

Meu pesadelo estava longe de terminar…em uma operação de vesícula ( que alias antes de virar a expert que sou hoje …nem sequer sabia para  que servia e nem onde ficava dentro de mim, pasmem !! ) a internação pós-cirúrgica demora apenas 2 ou 3 dias…

Acordei sem vesícula e muito fraca e tonta pois fui operada com infecção e febre … essa brincadeira não acaba por ai … teve sequelas graves.

No dia seguinte , continuava falando pra minha mãe que o medico era bandido, que eu tinha certeza que não precisava operar…e minhas suspeitas aumentaram mais ainda quando minha cunhada se surpreendeu quando perguntou o nome do medico que havia feito aquilo, no dia seguinte da cirurgia…. ela ficou branca!!! pois 20 anos antes ela havia ido ao mesmo hospital com suspeita de apendicite , esse mesmo medico a operou , no caso dela fez vários erros que levaram minha cunhada a ter uma necrose no intestino tendo que voltar as pressas para o hospital 20 dias depois , onde teve que se submeter a uma cirugia de emergência para retirar parte do intestino. Ate hoje ela tem sequelas devido a erros desse tal medico ( FOTO)…infelizmente minhas suspeitas estavam se concretizando… 2 pessoas na mesma família…

Não conseguia comer e passava muito mal, o tal Dr.XXX , começou me dar antibiótico antes mesmo de iniciar a cirurgia. No terceiro dia deveria ter alta, porem meu intestino não funcionava e comecei a evacuar sangue puro.

O tal medico ”gastroenterologista” chamou seu comparsa infectologista, fui informada que teria que ir para UTI e tomar mais quatro antibióticos, pois aquilo era muito grave. Como conhecia muita gente no Einstein pedi ajuda pois meu caso se agravara …falei com pessoas da alta direção do Einstein e quando citei o nome do tal medico que havia me operado ouvi a seguinte frase:

– Esse ser é mau medico, é mau profissional, má pessoa…  e famoso por ‘’operar gripe ‘’aqui no hospital. Essa frase foi repetida por vários membros da direção do hospital para mim e para varias pessoas de minha família.

Fiquei chocada que um hospital daquele nível, com o alto escalão sabendo do que ocorria, acobertasse esse tipo de profissional e não tomasse nenhuma atitude.

Trabalho na área de saúde há muitos anos e sei que hospitais são empresas como outra qualquer e precisam de dinheiro para continuar funcionando, mas a esse preço? Matando pessoas, extraindo órgãos desnecessariamente, e ainda por cima com a ciência de toda a direção do hospital???

Bom, acabei ficando por 12 dias no hospital … tive que tomar 4 antibióticos fortíssimos via endovenosa, fiquei com agua no pulmão tive que fazer fisioterapia , anti inflamatórios e dores nas pernas , emagreci 4 quilos e já estava bem magrinha quando entrei no hospital , perdi muita massa muscular … fiquei parecendo um esqueleto.

Durante minha estadia apesar de estar me sentindo muito mal , não desisti de provar que aquele medico era um bandido…a maioria das pessoas não sabe que você tem direito ao seu órgão por 3 meses… eu sabia pois trabalhara fazendo gestão em medicina diagnostica , e uma das áreas que cuidava era o banco de órgãos dos laboratórios.

Sabia que podia solicitar meu órgão... liguei para enfermagem e para o banco de órgãos e solicitei minha vesícula. Pedi para minha mãe levar minha vesícula para analise no Fleury e no Salomao e Zoppi , pois tendo trabalhado la saberia que eram idôneos. Ela se recusou dizendo que isso era uma bobagem… O medico ao saber que eu havia solicitado meu órgão ficou pálido e começou a gaguejar na minha frente … na sequencia foi falar com minha mãe no corredor e pediu para ela interceder em seu favor, me convencendo de não ir adiante com aquilo, e sugeriu que ela me convencesse a não falar mais sobre o caso com a direção do hospital para não prejudica-lo ( pasmem ). Ate então toda minha família e, pasmem, estava apoiando o medico e achando que eu estava alterada.

Consegui que um taxi levasse para fazer anatomo patologia na minha vesícula nos dois laboratórios

Finalmente tive alta e fui para casa … não conseguia nem andar direito de tão fraca.

Ai o pior começou …não fui orientada a nada pelo tal medico, apenas fazer uma dieta mais leve por 3 dias e vida normal…continuar tomando aquele monte de antibióticos por mais uns dias. Que tortura!!

Comecei a passar mal em casa , com dores forte no abdomem , o medico nem ai mandava mensagem a ele e ele só dizia pra tomar mais e mais buscopan para passar a dor.

Passada uma semana marquei para retornar ao hospital com outro medico, pois me recusava a fazer o meu pós cirúrgico com aquele bandido e que sequer se preocupava em saber como eu estava me recuperando.

Agendei o melhor gastroenterologista de São Paulo, e resolvi levar minha mãe para consulta e o filme da videolaparoscopia da minha cirurgia de vesícula,  ainda bem que pelo menos fiquei quase sem cicatriz … ate então achava que tinha sido lesada , mas não tinha certeza absoluta. Já minha mãe agradece o tal medico por ter salvo minha vida.

Nesta consulta com o Dr. M considerado o mestre da gastro, e do mesmo hospital em que o meu acidente ocorreu, levei o filme da minha cirurgia para qe ele analisasse.

Sentamos eu e minha mãe , ele e outro medico, que é o braço direito dele. Pedi para que vissem o filme e me dessem o diagnostico.

Em alguns minutos os dois se entreolharam e e sorriram entre si. E nas palavras dele:

– Carina, nestas imagens claramente vejo uma vesícula hígida, rosa e saudável. Sem nenhum sinal de necessidade cirúrgica, muito menos de urgência.“

Nem preciso falar mais nada… comecei a chorar muito, tive a confirmação de que tinha passado por tudo aquilo a toa,  entrado com suspeita de gripe no hospital, e saído mais de 10 dias depois , sem um órgão saudável e tendo quase morrido … pior ainda, sem saber que meu calvário tinha apenas começado.   Minha mãe ficou pálida, ela viu que todo tempo eu tive razão. Chorei umas 2 horas seguidas.

Imagine quantas pessoas leigas, como minha mãe, tinham acreditado naquele tal medico, quanto órgãos saudáveis ele já tinha extraído, quando mal ele já tinha feito por ganancia e quantas vidas ele já não tinha tirado…? Pior é que as pessoas sequer, tem noção do mal que ele esta fazendo e ainda agradecem por ele ter extraído um órgão saudável …!! Pior ainda outros profissionais e o hospital acobertar esse tipo de profissional.

Fui para casa arrasada, não sem antes fazer uns exames logo após a consulta, solicitado pelo Dr. Macedo, que tinha algumas suspeitas sobre os sintomas pós cirúrgicos estranhos que eu estava tendo aqueles dias …mais dinheiro gasto…!

Fiquei psicologicamente destruída , vocês não podem imaginar o que e saber que arrancaram um órgão saudável de seu corpo , sem sua autorização??

E sou 100% ORIGINAL DE FABRICA, o que quer dizer isso??

Quer dizer que nunca fiz nenhuma, plástica, nenhuma intervenção invasiva, pois acredito que nosso corpo é perfeito e que tudo que temos esta lá por algum motivo… amigdalas ainda tenho, apesar de ter sofrido muito com dores de garganta a vida toda, me recusei a tira-las … algum motivo elas tem para estar lá. Nada contra quem faz plástica , coloca próteses etc, simplesmente ate hoje não o fiz porque tenho tentado me manter bem e saudável de forma saudável e auto sustentável hahaha … sempre mantive meu peso ,nunca fumei , nunca usei drogas ,tive uma alimentação saudável e tento fazer atividade física…(ops , quais as chances de alguém com meu perfil ter problema de vesícula? ….muitooooooooo pequena quase zero!)

portanto me considero 100% ORIGINAL DE FABRICA!

Arrasada essa era a palavra correta, pois assim que me sentia, e fraca , não conseguia nem andar 100m .Tive uma alergia muito forte nas pernas e virilhas , na primeira semana em casa tive que ser medicada pois ardia e cocava muito, esses eram os primeiros sinais de que algo estava muito errado.

Minhas idas ao banheiro estavam bem irregulares, tinha muitas dores , cólicas … imaginei que fosse o pós cirúrgico… e ainda os antibióticos iniciados no hospital!!

Difícil, não conseguia fazer nada, nem trabalhar, nem andar, nem podia comer direito pois passava mal… so sopinha de legumes cozidos (cenoura e batata sem tempero)… seguia emagrecendo e perdendo massa muscular…

INTOLERANCIA ALIMENTAR

Nada de melhorar depois de 15 dias, retornei ao Dr.M que me informou que eu havia me tornado intolerante a lactose depois da cirurgia, por isso meus sintomas… Esse foi o jeito mais rápido de me despachar, dando esse diagnostico, se livrava do abacaxi…

Oi??? Como assim adoro leite? Tomava uns 3 copos de leite por dia, comia muito queijo, de café da manha… cottage que amo.Amo iogurtes em geral… ou seja, tudo que tem lactose incluindo chocolate amooooo e … cafezinho só com leite.

Oi?? Como assim?De um dia para o outro não posso mais nenhum derivado de leite?! Bem essa foi a primeira noticia… ate me conformei rapido ok, corto tudo isso e vamos em frente se tenho que fazer isso assim será… comecei a pesquisar do que se tratava essa ta intolerância a lactose… receitas e trocas… etc.

Ai que difícil…. não há uma única sobremesa sem leite ! Absolutamente impossível ir a algum lugar e achar uma sobremesa (que não seja fruta) …sem leite! Bom e eu querendo enordar um pouco…nossa nunca pensei que que um dia na vida ia chorar para engordar hahaha ou melhor bua, triste!

Sempre me controlei ,fiz dieta , regime , alimentação saudável ,pois sempre tive tendência a engordar , minha mae e avo bem gordas e avo com diabetes … ai , ai e agra eu com essa tal intolerância …bem vamos que vamos ! Achei uma infinidade de produtos que não tinham lactose… que sorte fiquei intolereante n época que lactose virou vila , mesmo assim muito difícil sobreviver… em casa compravam produtos que não tinham lactose , mas na rua tudo tinha leite , nossa a gente nem repara quando não tem intolerância como tudo tem leite… um horror !

Comecei a ir para o Ibirapuera de manha caminhar, não podia ir sozinha pois ficava totalmente tonta a ponto de cair … consegui caminhar melhor somente depois de 1mes e meio, sem ficar tonta , desequilibrar e ficar com falta e ar.

O MESMO MEDICO, DR.XXX E OUTROS CASOS

Logo que voltei para casa , estava muito fraca ,triste e revoltada com tudo que havia me acontecido.

Tinha uma amiga que morava próxima de casa que fazia uma reza na casa dela todas as terças feiras, e sempre me chamava, eu nunca havia ido. Quando a gente esta bem se lembra pouco de Deus ne?  Pois resolvi ir … esse grupo se reúne há anos, e já se conhecem, somente eu e uma outra moca estávamos indo pela primeira vez.Haviam umas 20 pessoas  na reza , foi bem bacana e ao final cada um contou sua historia . Contei a minha rapidamente , sem citar nomes, e ao final alguém perguntou afinal quem foi o medico que cometeu essa loucura ? Respondi: – DR.XXX ( NAO POSSO COLOCAR O NOME POIS ESTOU PROCESSANDO O MEDICO).

Houve um silencio e a moça que estava indo pela primeira vez também, ficou branca de disse;

– Esse medico quase me matou há 10 anos atrás!

Fico ate arrepiada de escrever isso, mas é a mais pura verdade, todos se entreolharam e comentaram que aquilo deveria ser um sinal, de que eu deveria faze alguma coisa, que isso não poderia ter acontecido por acaso comigo, justamente eu que trabalhava na área de saúde!

Nossa descobri em menos de 10 dias, duas pessoas próximas que quase tinham morrido nas mãos desse medico além de mim!! Como assim? Pedi o telefone dela e ela se dispôs a escrever um relato do caso dela, assim como minha cunhada se dispôs. Ambas fizeram seus relatos assinaram e se dispuseram a testemunhar, caso eu precisasse.

Enquanto isso, eu havia reclamado com a diretoria do hospital, solicitando providencias com relação ao meu caso, que naquela altura já tinha mais do que certeza de que o diagnostico foi ganancia medica.

Para encurtar todo esse drama,  encaminhei ao hospital depois da minha alta , que só ocorreu 12 dias depois, uma carta onde reclamava de uma extracão de órgão saudável , indevida ,pelos laudos de todos os laboratorios nao sinalizavam nenhuma necessidade de cirurgia , muito menos de urgencia com 38C de febre e as 4 horas da manhã, o que corroborava com meu check up de 5 meses antes onde eu me encontrava absolutamente saudável em todos os exame .

As ações tomadas pelo hospital foram as seguintes :

1.O MEDICO FOI SUSPENSO POR 6 MESES DO HOSPITAL

2.O consultorio do medico teve o contrato rescindido , ele nao mais pode atender nas dependencias do hospital

3. O medico foi retirado da retaguarda do hospital

4. O medico  foi afastado do conselho do qual participava

5.Alteraram o procedimento operacional do hospital, ou seja , apos , meu caso nenhum paciente que esteja consciente , pode ser operado seu seu proprio consentimento.

Mas isso ainda é pouco pois ele ainda não teve sua licença cassada pelo CRM e pode operar/machucar alguém  em outros locais , então estou acionando ele judicialmente para que não cometa outras atrocidades com as que cometeu , comigo, com minha cunhada e com tantas outras pessoas que encontrei depois disso…

Conto minha historia no youTube de uma olhada e não esqueça de assinar o canal.

Beijo no coração!

 

RECEBA MEU E-BOOK SOBRE ALIMENTOS MÁGICOS PARA UM INTESTINO SAUDÁVEL
Fiz este e-book com muito carinho e te enviarei ele por e-mail.

Carina Palatnik

Fascinada pela área de saúde desde a infância, com vocação para medicina, levada pela vida para a carreira de modelo e atriz ...

Comments

  1. Um comentarista do WordPress 4 de dezembro de 2017 at 11:43
    Responder

    Olá, isso é um comentário.
    Para começar a moderar, editar e deletar comentários, visite a tela de Comentários no painel.
    Avatares de comentaristas vêm a partir do Gravatar.

  2. Oscar Silbiger 8 de agosto de 2018 at 20:58
    Responder

    Olá,
    Tudo bem?
    Conheci por aqui um pouco da sua história e fiquei impressionado com seu relato. Parabéns!
    Sou escritor de 60 anos e com 37 anos de experiência retratando trajetórias pessoais e familiares, evitando que sejam apagadas gradativamente pela ação do tempo.
    Acredito que suas experiências, etapas conquistadas e momentos de superação merecem ser resgatados e preservados através de textos e imagens, como referência para todas as gerações.
    Posso desenvolver o livro numa condição bem atrativa como ghost-writer.
    Assim você terá uma obra biográfica com sua autoria e estilo, sem se preocupar com a elaboração do conteúdo.
    Estou à disposição para mais esclarecimentos.
    Posso enviar exemplos de livros produzidos, se quiser.
    Para conhecer o meu histórico profissional, acesse https://www.recantodasletras.com.br/autores/oscarsilbiger

    Obrigado e até breve!

    Oscar Silbiger / Vida Escrita
    19 99217-7849 Zap

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *