ERRO MÉDICO, IMPERÍCIA OU NEGLIGENCIA , COMO AGIR ? Minha historia parte 4

Olá,

Com certeza você, algum familiar ou alguém conhecido já passou por uma situação medica onde você se sentiu lesado, enganado, prejudicado ou até com sequelas .

O que fazer nestes casos??

Vou contar o que fiz… e quais os resultados. Você pode se basear nisto para tomar suas decisões.

Enquanto isso, eu havia reclamado com a diretoria do hospital, solicitando providencias com relação ao meu caso (vide post *), que naquela altura já tinha mais do que certeza de que o diagnostico foi: ganancia medica ou na melhor das hipóteses imperícia.

Para encurtar todo esse drama, escrevi uma carta que encaminhei ao hospital depois da minha alta, que só ocorreu quase duas semanas depois, contando e exigindo retratação e uma explicação para tudo que havia me acontecido.

A diretoria e o CEO do hospital me chamaram para uma reunião que fui mesmo debilitada. Reconheceram o erro do medico e me pediram desculpas em nome do hospital , mas eu queria providencias praticas.

Tive pelo menos 4 reuniões com a alta direção e o CEO do hospital.

A primeira ação que minha denuncia gerou, foi uma alteração no POP , procedimento operacional do Hospital: “A partir daquela data , não mais seria aceito a assinatura de familiares dos pacientes para realização de nenhum procedimento , sem o consentimento formal do paciente caso o mesmo estivesse consciente.

UAU , ponto…!!Devo ter ajudado muitos pacientes a exercer seu direto sobre sua vida !Bem, só isso já valeu!!

– O tal médico , reconhecidamente “cirurgião de gripe”, teve seu consultório dentro hospital, fechado e seu contrato rescindido.

– Esse médico fazia parte de alguns comitês dentro da instituição e foi afastado dos mesmos.

– O médico teve seu cadastro suspenso por 6 meses, não podendo exercer a medicina naquele local.

– Foi alterada a categoria do mesmo, sendo ele retirado da retaguarda do hospital.

Algumas pequenas vitorias, mas ele pode ainda exercer a medicina e voltou a operar no mesmo local.

Entrei com uma ação criminal, meu intuito não é ganhar dinheiro e sim impedi-lo de prejudicar outras vidas .

Para tal gastei mais do que gostaria nesta ação criminal, que ainda , não foi julgada, por isso me abstenho de citar nomes aqui .

Provavelmente entrarei com ação cível, após o resultado da criminal, mas aguardo ansiosamente por esses resultados.

Erro médico como agir:

  1. Formalize a reclamação junto a instituição

  2. Guarde todos os exames , receitas , laudos, filmes e videos de exames ou cirurgia.

  3. Guarde todos os recibos médicos, gastos com medicamentos , transporte, e alimentação diferenciada

  4. Você pode entrar contra o médico no C.R.M. ( Conselho Regional de Medicina)

  5. Acionar criminalmente o médico

  6. Acionar civilmente a instituição e o médico

Obviamente procure um advogado que poderá orienta-lo melhor, pois cada caso é um caso.

E você conte ai…  já teve um caso deste tipo ?… e como foi seu desenrolar?

Vamos compartilhar??

Não esqueça de assinar minha newsletter para receber todas as novidades.

 

Acho que esse video pode te interessar clique aqui

https://www.youtube.com/edit?o=U&video_id=Hs-Lb_-fq88

SAIBA TUDO SOBRE DISBIOSE

ASSISTA MINHA ÚLTIMA LIVE, FALO SOBRE CAUSAS, SINTOMAS, TRATAMENTO DA DISBIOSE INTESTINAL E A IMPORTÂNCIA DOS PROBIÓTICOS NA CURA.

Por favor, informe o seu e-mail para poder assistir a gravação live sobre disbiose, muito obrigada! Bjs, Carina Palatnik

Carina Palatnik

Fascinada pela área de saúde desde a infância, com vocação para medicina, levada pela vida para a carreira de modelo e atriz ...

Comments

  1. Juliana 28 de dezembro de 2017 at 01:27
    Responder

    Carina,

    Obrigada por compartilhar a sua história! Um exemplo de determinação e superação. Estou amando as matérias abordadas no blog e mal posso esperar pelas próximas postagens 🙂

    • Carina Palatnik 28 de dezembro de 2017 at 12:11
      Responder

      Olá ,
      Que bom que você gostou !!
      Continue acompanhando e compartilhe com quem achar pertinente !!
      Se tiver sugestões de assuntos a serem abordados, dúvidas ou sugestões mande um recadinho !
      Beijo no coração ❤❤❤

  2. Pingback: INTOLERÂNCIA: CORPORATIVISMO NA SAÚDE E SEUS DIREITOS - Minha historia parte 2 - Carina Palatnik

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *